Politica externa do governo Lula é um dos pontos altos do governo

Ando separando matérias sobre a política externa brasileira. Acho que, dentro desse bom governo, feito principalmente pelo PT, a política externa se destaca por reafirmar o Brasil como independente, por construir uma nova correlação de forças a nível mundial colocando o Brasil em outra perspectiva histórica ajudando nas relações comerciais multilaterais, fugindo um pouco do óbvio comércio com a América do Norte. Aliás, com todo o norte.

G8 confronta-se com perda de poder para o G20

Política externa: além do óbvio

Lula faz duras críticas às negociações de paz no Oriente Médio

Lula pede que FMI e Banco Mundial abandonem dogmas obsoletos

Em cúpula, Lula defenderá eliminação total de arsenais nucleares

Lula está errado sobre o Irã? (atualizado)

Na véspera de cúpula sobre segurança nuclear, Lula insiste em diálogo com Irã

BRICs querem reforma do FMI até novembro

A razão das sanções americanas contra o Irã

Bomba atômica? Quem é o fundamentalista?

As propostas do G20 e do FMI para o setor financeiro

Monocle: Questões interessantes sobre a diplomacia brasileira

Como Washington vê a diplomacia brasileira

Pra terminar tem essa breve, mas boa avaliação do Emir Sader sobre a política externa brasileira: A melhor política externa brasileira

“A política externa brasileira faz do nosso país um país soberano e isso é insuportável para as elites tradicionais que se acostumaram à subserviência com as potências do centro do capitalismo, que consideram ter relações diversificadas no mundo uma desobediência com as orientações do Império.” – Emir Sader

Precisa dizer mais?

Acredito que uma passada por essas matérias dá um pouco a dimensão das diferenças do Governo Lula com o que passou antes do PT assumir o governo. Da política de subserviência a uma construção de uma nova postura diante do mundo, o Brasil vem ajudando a construir uma nova ordem mundial. Lula vai ao Oriente Médio, conversa sobre a palestina, diz que pra se chegar a um estado de paz é preciso que mais gente participe das negociações, que todos os lados tem que ceder. Vai ao Irã e garante que esse país não fique isolado, que tenha seus direitos a pesquisa, a defesa etc. garantido.

Lula negocia com países da África, com países do oriente. O comercio brasileiro, antes quase que restrito aos EUA, está diversificado. Isso garante a autonomia nas negociações internacionais. Garante que o Brasil não seja mais vítima de uma das políticas economicas do FMI. Agora a posição do Brasil é de intervir no fundo, buscando contruir novos paradigmas para a economia mundial.

Isso é ou não é um diferencial? O Brasil tem uma outra posição no cenário interncional. Uma boa posição.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Política internacional, PT, Sem-categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s