Morre Daniel Bensaid

A paciência impaciente das suas ideias é
um convite à resistência e à rebeldia

foto Daniel Bensaid

foto Daniel Bensaid

Essa semana nos levou algumas figuras. Além da Zilda Arns, morta no terremoto no Haiti, a protetora da Ana Frank e outras, aqui – Ana Roriz, poetisa, e Lhasa de Sela. Mas sem dúvida, para nós, de tradição marxista, a maior perda foi de Daniel Bensaid.

Um dos líderes do maio de 68 na França, Bensaid era um lutador. Um militante socialista, e por isso, sonhador e humano. Se encantou pelo movimento que construiu o Fórum Social Mundial, participando da sua organização. Vi nisso uma possibilidade de construir o novo mundo que queremos.

Contribuiu positivamente com o Marxismo, de forma original, escrevendo vários livros, entre ele “Marx, O intempestivo”.

Bensaid vai nos deixar essa legado, que poderá ser usado na formação de jovens marxistas, que futuramente estarão ao nosso lado construíndo nosso novo mundo.

“Oh vida futura! Nós te criaremos!” – Drummond

Mais sobre o camarada: Democracia Socialista, Esquerda.net (com mais 2 artigos) e Fundação Perseu Abramo.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Democracia Socialista

Uma resposta para “Morre Daniel Bensaid

  1. Bonito seu respeito às mulheres que neste mes se despediram de nós. E também aos homens.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s